Noa pediu para morrer aos 17 anos porque não aguentou o sofrimento causado pela violação

Ir em baixo

Noa pediu para morrer aos 17 anos porque não aguentou o sofrimento causado pela violação Empty Noa pediu para morrer aos 17 anos porque não aguentou o sofrimento causado pela violação

Mensagem por Raquel Machado em Ter Jun 04, 2019 8:17 pm

Noa Pothoven foi legalmente eutanasiada, este domingo à noite, na sala de casa, com toda a assistência médica necessária e rodeada pela família. Noa pediu para morrer sem sofrimento e com dignidade, porque não aguentou a dor emocional provocada pelos abusos sexuais que começaram aos 11 anos e por uma violação quando tinha 14.
Na Holanda, a eutanásia é legal para crianças maiores de 12 anos, desde que expressem o desejo de morrer com assistência clínica e tenham consentimento dos pais. Antes, porém, têm de passar por uma avaliação médica e é necessário que se conclua que o seu sofrimento é insuportável, não tem cura nem fim à vista.
De acordo com o Comité Regional de Avaliação da Eutanásia, em 2017, 6585 pessoas escolheram o fim da sua vida com assistência médica. Cerca de 4,4% do total de 150 mil mortes registadas no país nesse ano.
Um dia antes de morrer, Noa usou o Instagram para se despedir e explicar a sua decisão.

“É um triste último post. Duvidei por muito tempo se eu iria partilhá-lo, mas decidi fazê-lo. (…) O meu plano estava traçado há muito tempo, não é impulsivo. Vou direta ao ponto: dentro de no máximo 10 dias eu vou morrer. Depois de anos de luta e luta, terminou. (…) Depois de muitas conversas e críticas, decidi que serei libertada porque meu sofrimento é insuportável. Eu não tenho estado realmente viva. Eu sobrevivi. E nem mesmo isso. Ainda respiro, mas já não estou viva.

Estou bem cuidada, sinto um forte alívio da dor e estive com minha família o dia todo (estou numa cama de hospital na sala de estar). Estou a despedir-me das pessoas mais importantes da minha vida.

(…) Não tentem convencer-me que isto não é bom. É a minha decisão e é final. O amor é deixar ir, neste caso... I love you

De acordo com o jornal holandês De Gelderlander, citado pelo britânico Daily Mail, durante anos, os pais de Noa não se aperceberam que o seu sofrimento era tão grande. Só tomaram consciência disso quando viram uma mica de plástico no seu quarto com cartas de despedidas dirigidas a eles, aos amigos e colegas.

“Fiquei em choque. Não nos tínhamos apercebido. Noa era doce, linda, inteligente, sociável e sempre bem disposta. Como é que é possível que ela quisesse morrer?”, disse a mãe, Lisette, em declarações ao jornal holandês.



“Só há um ano e meio é que descobrimos o segredo que ela carregou durante os últimos anos”, acrescentou a mãe.

E o segredo é que Noa tinha sido abusada aos 11 anos, numa festa de um colega de escola. Aos 12, noutra festa de adolescentes, voltou a ser abusada. Aos 14 anos, foi violada por dois homens no bairro de Elderveld, em Arnhem, onde vivia.

Numa autobiografia entretanto publicada, intitulada 'Winning or Learning', Noa explica o que sentiu durante todos estes anos: “Senti medo, senti dor tofos os dias. Sempre assustada, sempre alerta. Até hoje, sinto o meu corpo sujo. O meu corpo foi invadido e isso nunca poderá ser revertido.”

Passou anos em tratamentos psiquiátricos, consultou vários médicos, esteve internada em várias clínicas e hospitais. A doença mental de Noa mudou a vida de toda a família. Estava numa depressão profunda, provocada por stress pós-traumático, da qual não conseguia sair e ninguém a conseguia tirar. A anorexia tomou-lhe conta do corpo.

Tentou várias vezes o suicídio e de várias maneiras. Num dos internamentos, só podia usar um vestido de um tecido tão forte que ela não pudesse rasgar e usar as tiras para se enforcar.

Na sua autobiografia, escreveu que se sentia uma criminosa, presa, “quando não tinha sequer roubado um doce numa loja em toda a minha vida”.

Deixou de se alimentar e o seu corpo quase entrou em falência, há um ano, altura em que foi colocada em coma induzido e alimentada artificialmente. O corpo recuperou, mas a mente não.

Fez uma lista de 15 desejos. Queria andar de mota pela primeira vez, beber álcool, fumar um cigarro, fazer uma tatuagem. A determinada altura, já nada mais lhe restava.

Até Noa fazer 17 anos, os pais, que chegaram a parar de trabalhar para ajudar a filha, tinham esperança que Noa se reencontrasse com a vida. Se apaixonasse, por exemplo, e voltasse a ter vontade de viver. Mas ela atingiu a idade em que já não precisava da autorização dos pais para pedir a eutanásia. E a sua vida terminou no domingo, assim como os anos de sofrimento profundo.

Noa quis que a sua história servisse de alerta para ajudar outros jovens vulneráveis. Dizia que a Holanda, o país que permite às crianças morrer de forma clinicamente assistida, não está preparado para ajudar jovens em sofrimento psicológico e emocional extremo.


Tvi24
Raquel Machado
Raquel Machado
Simply the best
Simply the best

Mensagens : 977
Pontos : 2098
Reputação : 89
Data de inscrição : 13/01/2019
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Noa pediu para morrer aos 17 anos porque não aguentou o sofrimento causado pela violação Empty Re: Noa pediu para morrer aos 17 anos porque não aguentou o sofrimento causado pela violação

Mensagem por Raquel Machado em Ter Jun 04, 2019 8:19 pm

Ela morre, e os que lhe fizeram isto continuam as suas vidas como se nada fosse e arruinando a vida de outras jovens, ou porque nao foram nem são punidos ou porque a pena é tão mínima que o crime compensa!
Raquel Machado
Raquel Machado
Simply the best
Simply the best

Mensagens : 977
Pontos : 2098
Reputação : 89
Data de inscrição : 13/01/2019
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Noa pediu para morrer aos 17 anos porque não aguentou o sofrimento causado pela violação Empty Re: Noa pediu para morrer aos 17 anos porque não aguentou o sofrimento causado pela violação

Mensagem por Raquel Machado em Ter Jun 04, 2019 8:32 pm

11 crianças, mais de 80 crimes de abuso sexual. Condenado a 5 anos com pena suspensa. Porquê?

Não tem antecedentes criminais, tem uma família que o apoia e mostrou arrependimento e disponibilidade para tratamento psiquiátrico. Esta é parte da justificação dos juízes para suspender a pena de um homem condenado a cinco anos de prisão por mais de 80 crimes de abuso sexual. “Em abstrato, o sistema de Justiça português pressupõe a reinserção dos indivíduos quando é possível, não a punição”

Comecemos pelos números: 11 vítimas de 82 crimes de abuso sexual de crianças e seis crimes de atos sexuais com adolescentes. Todos os crimes foram provados e o autor, um explicador de cerca de 50 anos, foi condenado a uma pena de prisão de cinco anos suspensa por igual período pelos juízes do Tribunal de Viana do Castelo. Ou seja, este homem não vai – à partida – preso. Como se explica isto? “Em abstrato, o sistema de Justiça português pressupõe a reinserção dos indivíduos quando é possível, não a punição”, esclarece José Barata, vice-presidente da Associação Sindical de Juízes Portugueses (ASJP).
“Os cidadãos acham que a Justiça criminal serve para punir as pessoas, mas não é esse o objetivo. Se os juízes acham que a pessoa pode ser reinserida na sociedade, então deve ser.” José Barata explica que, ao contrário da maioria dos países anglo-saxónicos, onde a Justiça é retributiva (“por exemplo, nos EUA quando se mata alguém, a pena pode ser a morte”), em Portugal não funciona assim. “Torna-se mais complicado em casos de fronteira. A Justiça é feita por homens e acaba por ser subjetiva.”

Tugapress

E aqui está um dos muitos exemplos...
Raquel Machado
Raquel Machado
Simply the best
Simply the best

Mensagens : 977
Pontos : 2098
Reputação : 89
Data de inscrição : 13/01/2019
Localização : Lisboa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Noa pediu para morrer aos 17 anos porque não aguentou o sofrimento causado pela violação Empty Re: Noa pediu para morrer aos 17 anos porque não aguentou o sofrimento causado pela violação

Mensagem por goncalo.j.f.marques em Qui Jun 06, 2019 2:42 pm

Lamento decepcionar mas esta é daquelas histórias que a ser verdade me dá NOJO.
Nojo de Muita gente

Desejo a Morte a todos os que abusaram da Pobre Miuda.

Mas desejo igualmente um castigo exemplar aos pais, professores e a quem autorizou esta morte.
Aceitar a Eutanásia no caso de doença incuravel ainda vai que poderei aceitar.
Uma jovem com 17 anos, saudavel não aceito a Eutanásia. Como não aceito estes Pais.
Então a mãe foi apanhada de surpresa quando soube da vontade da miuda?

Claro que quem abusou dela deveria ter uma morte dolorosa, mas lamento igualmente nao ter tido uma familia, professores e amigos que a ajudassem a ultrapassar o trauma.

Enfim. Prefiro acreditar que isto é apenas um romance e não a realidade
goncalo.j.f.marques
goncalo.j.f.marques
Simply the best
Simply the best

Mensagens : 491
Pontos : 637
Reputação : 46
Data de inscrição : 18/01/2019
Localização : Rio Maior

Voltar ao Topo Ir em baixo

Noa pediu para morrer aos 17 anos porque não aguentou o sofrimento causado pela violação Empty Re: Noa pediu para morrer aos 17 anos porque não aguentou o sofrimento causado pela violação

Mensagem por goncalo.j.f.marques em Qui Jun 06, 2019 5:01 pm

goncalo.j.f.marques escreveu:Lamento decepcionar mas esta é daquelas histórias que a ser verdade me dá NOJO.
Nojo de Muita gente

Desejo a Morte a todos os que abusaram da Pobre Miuda.

Mas desejo igualmente um castigo exemplar aos pais, professores e a quem autorizou esta morte.
Aceitar a Eutanásia no caso de doença incuravel ainda vai que poderei aceitar.
Uma jovem com 17 anos, saudavel não aceito a Eutanásia. Como não aceito estes Pais.
Então a mãe foi apanhada de surpresa quando soube da vontade da miuda?

Claro que quem abusou dela deveria ter uma morte dolorosa, mas lamento igualmente nao ter tido uma familia, professores e amigos que a ajudassem a ultrapassar o trauma.

Enfim. Prefiro acreditar que isto é apenas um romance e não a realidade

Retiro parte do que disse. Afinal parece que a familia a chegou a internar e tentar curar.
pelo menos tentaram.
A primeira versão que li era diferente
goncalo.j.f.marques
goncalo.j.f.marques
Simply the best
Simply the best

Mensagens : 491
Pontos : 637
Reputação : 46
Data de inscrição : 18/01/2019
Localização : Rio Maior

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum